Adubo orgânico: dicas e receitas

Adubo orgânico: dicas e receitas

Que tal um adubo de excelente qualidade praticamente de graça? 

Estamos falando do adubo orgânico, que é aquele produzido com materiais de origem orgânica, isto é, animal ou vegetal. 

Exemplos? Esterco, raspa de chiqueiro, restos de colheita, restos de ervas invasoras, capim, folhas, excesso de frutas do pomar, sabugos, cinzas, entre outros.

Agora vamos mostrar como fazer um composto orgânico. Afinal, o melhor caminho é sempre fazer tudo da forma mais natural possível.

Por isso, já garanta gratuitamente algumas receitas caseiras contra pragas e doenças das seguintes plantas:

Como fazer um composto orgânico

Compostos orgânicos são excepcionais no aumento da produtividade das plantas. 

adubo orgânico composto
Fonte: Embrapa Hortaliças/ 2003

Acompanhe o passo a passo para fazer um composto orgânico dentro de um cercado de varas:

1. Cercado de varas

Você pode fazer um monte de composto orgânico sem o cercado de varas, mas ele é importante para uma melhor proteção do composto e também para evitar perdas. Portanto, vamos mostrar o passo a passo de como montá-lo.

Primeiro, faça um cercado de varas. De preferência, em um lugar sombreado.

O tamanho desse cercado deve ter mais ou menos 5 palmos de largura (um metro e dez centímetros) e 7 a 8 palmos de altura (um metro e meio a um metro e oitenta centímetros). 

O comprimento é variável, ou seja, você faz do tamanho que achar melhor.

Depois, forre o chão do cercado com varas, galhos, bambus ou taquara. 

Em seguida, enterre algumas varas ou bambus de pé em pontos aleatórios dentro do cercado

Sabe para quê? Para arejar o composto. Por isso, elas devem ser retiradas quando o monte estiver formado.

Clique aqui e receba grátis uma relação com a dosagem adequada do composto para cada tipo de cultivo.

2. Monte de composto orgânico

Pronto! Agora que você montou o cercado, é hora de fazer o composto propriamente dito.

Para isso, primeiro pique o adubo orgânico proveniente de plantas, como folhas, bagaços, cascas, sabugos, restos de podas, entre outros.

Em seguida, separe um pouco de adubo orgânico de origem animal, como esterco, raspa de chiqueiro e cama de aviário.

Separe também cerca de quatro quilos de cinza. Você pode utilizar as cinzas do fogão à lenha ou da churrasqueira. 

Depois vá empilhando o adubo orgânico dentro do cercado, de modo que fique três palmos de restos de plantas e um palmo de esterco.

Por cima do esterco, espalhe dois quilos de cinza. 

Então repita o processo: mais 3 palmos de restos de plantas, 1 palmo de esterco e 2 quilos de cinza.

Cada camada deve ser molhada (sem encharcar) e revirada. 

E atenção: não dispense a cinza nesse processo!

A cinza é considerada adubo orgânico, já que vem da lenha ou do carvão, que são materiais orgânicos. E ela é uma fonte poderosa de minerais.

E tem mais: a cinza também é um poderoso componente de receitas caseiras contra pragas e doenças. Clique aqui e obtenha uma receita gratuita.

O composto é um adubo orgânico extremamente rico em nutrientes. — Foto: Embrapa/ RESENDE, Francisco Vilela

3. Como fazer a manutenção do monte de composto

Você deve ter cuidados especiais na lida com o monte de composto. 

E o primeiro e mais importante é não transformá-lo em um monte de lixo

Isso mesmo! O monte de composto só deve receber material orgânico, conforme a orientação do item anterior.

Portanto, não jogue latas, vidros, cacos, plásticos ou outros materiais não-orgânicos no monte de composto.

Além disso, você vai precisar molhá-lo e revirá-lo, para controlar a temperatura dele. Ela aumenta por conta da fermentação dos materiais orgânicos.

Como fazer? É muito simples! Para saber quando é hora de revirar, enterre um vergalhão no monte por alguns minutos. 

Se ele sair muito quente, a ponto de você não conseguir segurá-lo, então pode revirar o monte.

Caso não esteja chovendo, é preciso também molhá-lo (sem encharcá-lo).

Mas, mesmo que a temperatura não esteja tão alta, é importante fazer esse procedimento a cada duas semanas.

Deixe o monte fermentar por cerca de 3 meses.

Uma dica é abrir um dos lados do cercado, para facilitar o processo.

Outra dica é fazer vários montes. Dessa maneira, você sempre terá compostos prontos para utilizar em suas plantas.

Ilustração: Embrapa

4. Vantagens do composto orgânico

Por ser um excelente adubo orgânico, o composto apresenta as seguintes vantagens:

  • Melhora o desenvolvimento das plantas;
  • Melhora as propriedades físicas do solo;
  • Aumenta a infiltração de água e a retenção da umidade nos canteiros, gerando economia de água;

E você pode usá-lo em diversas culturas, especialmente no plantio de hortaliças e fruteiras.

Clique aqui e receba grátis uma relação com a dosagem adequada para cada tipo de cultivo.

como fazer adubo orgânico
O composto orgânico é muito utilizado no cultivo de hortaliças. — Foto: Embrapa/ Auras, Nátia Élen

E continue nos acompanhando! Bons lucros e até a próxima!

Veja também: 

Referências

Adubação alternativa. ABC da Agricultura Familiar. Embrapa Informação Tecnológica. Brasília, 2006.

Instruções práticas para produção de composto orgânico em pequenas propriedades. Comunicado Técnico 53. Embrapa. Brasília, 2008.